Siga o Blog do Oracy

terça-feira, 31 de maio de 2011

Cuidado ao encontrar um velho amigo de Escola

Outro dia estava no mercado quando vi no final do corredor um amigo da época da escola, que não encontrava há séculos. Feliz com o reencontro me aproximei já falando alto:

- Oswaldo, sua bichona! Quanto tempo!!!!

E fui com a mão estendida para cumprimentá-lo. Percebi que o Oswaldo me reconheceu, mas antes mesmo que pudesse chegar perto dele só vi o meu braço sendo algemado.

- Você vai pra delegacia! – Disse o policial que costuma frequentar o mercado.

Eu sem entender nada perguntei:

- Mas o que que eu fiz?

- HOMOFOBIA! Bichona é pejorativo, o correto seria chamá-lo de grande homossexual.

Nessa hora antes mesmo de eu me defender o Oswaldo interferiu tentando argumentar:

- Que isso doutor, o quatro-olhos aí é meu amigo antigo de escola, a gente se chama assim na camaradagem mesmo!!

- Ah, então você estudou vários anos com ele e sempre se trataram assim?

- Isso doutor, é coisa de criança!

E nessa hora o policial já emendou a outra ponta da algema no Oswaldo:

- Então você tá detido também.

Aí foi minha vez de intervir:

- Mas meu Deus, o que foi que ele fez?

- BULLYING! Te chamando de quatro-olhos por vários anos durante a escola.

Oswaldo então se desesperou:

- Que isso seu policial! A gente é amigo de infância! Tem amigo que eu não perdi o contato até hoje. Vim aqui comprar umas carnes prum churrasco com outro camarada que pode confirmar tudo!

E nessa hora eu vi o Jairzinho Pé-de-pato chegando perto da gente com 2 quilos de alcatra na mão. Eu já vendo o circo armado nem mencionei o Pé-de-pato pra não piorar as coisas, mas ele sem entender nada ao ver o Oswaldo algemado já chegou falando:

- Que porra é essa negão, que que tu aprontou aí?

E aí não teve jeito, foram os três parar na delegacia e hoje estamos respondendo processo por HOMOFOBIA, BULLYING e RACISMO.

*Moral da história: Nos dias de hoje é um perigo encontrar velhos amigos!*

Desconheço o autor 

Katie Melua, Blowing in The W ind (tradução)

Os 10 Mandamentos da Terceira Idade

1º - Não se aposente da vida para se tornar a praga da Família.  A vida é
atividade e o verdadeiro elixir da eterna juventude é o dinamismo.  Não
despreze as ocupações enquanto tiver energia para as lutas cotidianas.

2º - Seja independente e preserve a sua liberdade mesmo que seja dentro de
um quartinho.  Quem renuncia ao próprio lar, obriga-se a andar na ponta
dos pés para evitar atritos com noras, genros, netos e outros parentes.

3º - Mantenha o governo da sua própria bolsa.  Ajude os seus filhos
financeiramente, na medida das suas posses;  reserve uma parte para
emergências e lembre-se que um filho ambicioso pode ser mais temível que
um inimigo.

4º - Cultive a arte da amizade como se fosse uma planta rara, cercando os
familiares de cuidados, como se fossem flores.  Se a sua memória estiver
falhando, anote numa agenda sentimental as datas mais importantes das
suas vidas e compartilhe com eles a alegria de estar presente.

5º - Cuide da sua aparência e seja o mais atraente possível.  Não seja um
daqueles velhos relaxados, que exibem caspa na gola do paletó e manchas
de gordura na roupa que revelam o cardápio da semana.  Nunca despreze o
uso de água e sabão.

6º - Seja cordial com os seus vizinhos.  Evite implicar-se com o latido do
cachorro, o miado do gato, o lixo fedorento na calçada ou o volume do
rádio.  Um bom vizinho é sempre um tesouro, especialmente se os parentes
morarem distantes.

7º - Cuidado com o nariz e não se intrometa na vida dos filhos adultos.
Eles são seres com cérebro, coração, vontade e contam com muitos anos
para cometerem oa seus próprios erros.

8º - Fuja do vício mais comum da velhice, que é a "presunção".  A longa
vida pode não lhe ter trazido sabedoria.  Há muitos que chegam ao fim da
jornada tão ignorantes como no início dela.  Deixe que a "humildade" seja
a sua marca mais forte.

9º - Os cabelos brancos não lhe dão o privilégio de ser ranzinza e
inconveniente.  Lembre-se que toda paciência tem limite e que não há nada
mais desagradável do que alguém desejar a sua morte.

10º - Não seja repetitivo, contando a mesma história três, quatro, cinco
vezes. Quem olha só para o passado, tropeça no presente e não vê a
passagem para o futuro.  


(Adaptação de "Compreendendo Melhor Como Viver a Terceira Idade, na Opinião da Terceira Idade", do Dr. Conceil Corrêa da Silva)

Dias contados: saiba quais são as tecnologias que estão ficando para trás

Pode levar um, 10 ou 50 anos. O fato é que algumas das tecnologias mais usadas hoje estão com dias contados. E o motivo é muito simples: existem alternativas mais práticas a elas. Sabe aquela sua câmera digital? Ah, é verdade, você esqueceu de usá-la... seu celular já tira fotos melhores. Conheça a seguir alguns dos símbolos da modernidade que já estão ficando para trás...


GPS (PNDs)
Os chamados GPS PND (Portable Navigation Device) são os famosos GPS automotivos com software dedicado, cujos suportes têm uma ventosa para grudar no vidro do carro. Apesar de extremamente úteis, os PNDs já são, em muitas vezes, substituído pela função de localização do celular. Uma prova disso é que cinco aplicativos localização do iPhone figuram entre os 100 mais comprados da AppStore da Apple. Sendo que dois deles estão entre os top 10 

 Leitores digitais
A Amazon nunca vendeu tanto Kindle quanto hoje, mas a verdade é que os e-reader já estão com os dias contados. E o grande vilão dessa história são os tablets. Enquanto os e-readers persistem com preços acessíveis, telas monocromáticas e autonomia de bateria muito superior, os tablets encantam o público com recursos multimídia, tela sensível ao toque e muita, muita interatividade

Leitores digitais
A mudança já começou. O Nook Color, leitor digital da livraria Barnes & Noble, migrou silenciosamente para uma versão simplificada do Android 2.2 e já permite a instalação de alguns aplicativos desenvolvidos para tablets. Além disso, boatos sobre um possível tablet da Amazon com sistema Android tornam-se cada vez mais intensos. Parece ser questão de tempo

Relógio de pulso
Você pode até comprar um relógio de pulso e usá-lo com afinco, mas ele será muito mais um adereço do que uma ferramenta. A razão é simples: olhe em sua volta. Quando dispositivos que mostram as horas você tem ao alcance das mãos? Aliás, é só olhar para o cantinho da tela que o próprio sistema operacional nos confidencia a hora. RIP relógio de pulso

O HD ainda é imprescindível, mas deixará de ser em um futuro breve. Principalmente para o usuário doméstico. É só parar para pensar em quanto de seus arquivos estão armazenados na nuvem ou em dispositivos com memória flash (tipo pendrive). De fato, alguns dos notebooks mais modernos, como o MacAir, dispensam o HD e armazenam tudo em cartões SSD, mais seguros e eficientes do ponto de vista energéticos

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Rita Lee e o forró dos Beatles

A lingua portuguesa agradece

 
Para ver em tela cheia, clique em Menu  e  View Fulscreen
Via Veroleal

Conheça um espelho que monitora a frequência cardíaca

Desenvolvido por um estudante chinês, aparelho indica sinais vitais de qualquer um que se posiciona à frente dele.

Desenvolvido por Ming-Zher Poh, espelho monitora sinais vitais. 
Um espelho que emite informações sobre seus sinais vitais: essa é a invenção do estudante chinês de engenharia médica e elétrica Ming-Zher Poh, ligado ao Media Lab do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), Estados Unidos. O equipamento usa um sistema desenvolvido por Poh e informa, como em um monitor, os batimentos por minutos de seu coração.
Ele funciona assim: quando seu coração bate, ele envia sangue por todos os vasos sanguíneos de seu corpo; o sangue absorve a luminosidade, então, quanto mais sangue nos vasos sanguíneos, menos quantidade de luz que chega a sua pele é refletida. Uma webcam embutida no espelho é capaz de identificar os reflexos de luz e um programa de computador processa as informações, transformando-as em leitura de batimentos cardíacos.
O sistema que integra a invenção de Poh foi inventado por ele há mais de um ano e meio, porém, passou por reformulações até chegar ao estágio em que se encontra. Primeiramente, a ideia foi monitorar os sinais vitais a partir de uma webcam de notebook e também da câmera de um iPhone.
Poh fez uso de webcams simples durante os testes com seu software, pois sua intenção é fazer com que qualquer computador ou smartphone seja capaz de ser um monitor cardíaco. Para tal, ele desenvolveu um algoritmo para medir o padrão de luz de tudo o que é capturado pela câmera. Com ajuda de um colega, o estudante de engenharia criou um código para processamento dos dados em tempo real.

Medidor geral de saúde

A intenção de Ming-Zher Poh é lançar o produto final no mercado após finalizar seu doutorado, ainda este ano. Ele afirma ainda que o sistema poderia ser utilizado para monitorar outros dados vitais, como a frequência respiratória e a saturação de oxigênio no sangue.


Fonte:  http://www.tecmundo.com.br/10348-conheca-um-espelho-que-monitora-a-frequencia-cardiaca.htm#ixzz1NdYh8H9W

domingo, 29 de maio de 2011

Mercedes Sosa e Milton Nascimento - "Volver a Los 17" (Fantático, 1976)



Este vídeo é um tributo a Mercedes Sosa. "Volver a los 17" é uma das grandes obras musicais da compositora e revolucionária chilena Violeta Parra. Ninguém soube interpretar melhor suas canções que Mercedes Sosa - "La Negra" - a maior cantora argentina de todos os tempos. Apontada pela crítica como "a voz das maiorias silenciosas", por sua defesa incondicional aos pobres e oprimidos e pela sua luta pela liberdade, Mercedes imortalizou essa canção numa linda parceria com Milton Nascimento.

A bela Kaley passou por momentos constrangedores em uma entrevista...



A bela Kaley passou por momentos constrangedores em uma entrevista no programa da Ellen Degeneres, ela simplesmente demorou um pouco pra sacar que não tem como usar um Shake Weight de uma forma que não pareça obscena.
Como o pessoal pode ver um  vibrador
nesse incrível aparelho de musculação?
Via Thomaz Gaio, Buzz

Um bom Quebra Cabeças anti-Alzheiemer

   Se você consegue armar, tchau Alzheimer...
É muito interessante e relaxante!

Click em Rompecabezas



  
Muito importante para nossa saúde!
Se você não conseguir arma-lo,
aí pode haver algum problema...
Tente!!!

sábado, 28 de maio de 2011

Let`s Twist Again - Chubby Checker, Vídeo Original


1995

Como serão as manchetes dos jornais em 2030

cid:image001.jpg@01CC1A1C.62B83E70
 
 cid:image002.jpg@01CC1A1C.62B83E70
 

Desfaço 76 anos… (Rubem Alves)


O PRIMEIRO filósofo que li ainda adolescente, um dinamarquês chamado Kierkegaard, escreveu que “a pessoa que fala sobre a vida humana, que muda com o decorrer dos anos, deve ter o cuidado de declarar a sua própria idade aos seus leitores”. E isso porque não temos pela manhã as mesmas ideias que temos no fim do dia. Uma ideia dita de manhã abre um cenário. A mesma ideia dita no crepúsculo abre outro cenário diferente.
Monet sabia disso. Sabia que um monte de feno que as vacas identificavam como o mesmo através das horas do dia, sob as diferentes oscilações da luz, se tornavam outros. Assim, ele não pintava o mesmo monte de feno várias vezes: ele pintava os vários montes de feno que se revelavam sob as oscilações da luz. Apresso-me, portanto, a revelar a minha idade, para que os meus leitores vejam o que estou vendo. Hoje, dia 15 de setembro de 2009, estou desfazendo 76 anos. Minha idade pinta uma paisagem crepuscular.
O revisor se apressará a corrigir o meu erro. Eu devo ter me distraído, coisa compreensível na minha idade… Não há nem na literatura nem na linguagem comum exemplo desse uso estranho da palavra “desfazer” para se referir ao que acontece num aniversário. O certo é “fazer”. Ato contínuo ele deletaria o “des” e o texto ficaria liso, sem causar tropeções no leitor: hoje, dia 15 de setembro, o Rubem Alves está “fazendo” 76 anos. Assim tem sido minha relação com revisores: desentendemo-nos sobre a vida e sobre as palavras…
Aí me veio à memória uma observação de Rolland Barthes que não consigo repetir por não ter encontrado o livro: ele disse (perdoem-me se me engano!) gostar dos textos que fazem tropeçar e não dos textos próprios para deslizar. O deslizamento deixa os pensamentos do jeito como estavam, enquanto que o tropeção e o tombo são ocasiões para o susto e a súbita iluminação.
É um equívoco contabilizar o número dos anos vividos na coluna da adição. Adição é a coluna do “mais”. Diz que algo aumentou. Mas o que aumentou? A vida? Na contabilidade dos anos de vida, tudo que parece “mais” é, na realidade, um “menos”. O número contabiliza os anos que foram desfeitos. Chronos é o deus cruel que devora os seus filhos…
O correto seria perguntar ao aniversariante: “Quantos anos você não tem? E ele responderia “Eu não tenho 42″. “Quantos anos você está desfazendo hoje? Estou desfazendo 54…”
Lá estão as velinhas sobre o bolo, coroadas pelo fogo, maravilhoso símbolo da vida. Aí todos começam a bater palmas, a sorrir e a cantar: o aniversariante irá apagar as chamas com um sopro. No seu lugar ficarão os pavios negros, retorcidos, soltando fumaça, trevosos. Apagadas as velas, todos batem palmas e riem. Confesso que não entendo…
Bachelard o disse com delicadeza insuperável: “A vela que se apaga é um sol que morre. O pavio se curva e escurece. A chama tomou, na escuridão que a encerra, seu ópio. E a chama morre bem; ela morre adormecendo”…
Quero que minha chama se apague adormecendo. Não quero que um sopro forte apague o meu fogo. Espero que minha vela vá se desfazendo vagarosamente…
No meu aniversário não haverá velinhas a serem apagadas com um sopro bruto. Vou mesmo é acender uma vela bem grande que deverá ser acesa e ficar acesa até que o último amigo se despeça. Então eu e minha vela, sozinhos como dois amantes, nos despediremos… Até o ano que vem, se os ventos não forem fortes…

Ação de Marketing da Heineken, uma das melhores de todos os tempos.


Via blog do Marcelo Cherto

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Roberto Carlos, Detalhes

Navegue pelos sites das vinte melhores universidades do mundo

Ter uma boa formação significa não apenas cursar uma faculdade que atenda as necessidades do mercado de trabalho, mas também estar ligado às inovações e ao avanço tecnológico e acadêmico que permeiam o ambiente das grandes empresas.

Anualmente, a ARWU (Academic Ranking of World Universities) disponibiliza um ranking com as quinhentas melhores universidades para se estudar. Para ter acesso à lista completa, clique aqui.

Entrar em faculdades como Harvard ou Yale é um grande desafio. Sabendo dessa dificuldade, grande parte do conteúdo e ideias que surgem nesses centros acadêmicos ficam disponíveis em portais e sites mantidos pelas universidades e pelo corpo docente.

O Catraca Livre listou as vinte universidades do topo da lista e traz o link dos sites para facilitar a sua pesquisa. Agora é só entrar e favoritar para estar ligado às maiores novidades do mundo.

1 – Harvard University
2 – University of California, Berkeley
3 – Stanford University
4 – Massachusetts Institute of Technology (MIT)
5 – University of Cambridge
6 – California Institute of Technology
7 – Princeton University
8 – Columbia University
9 – University of Chicago
10 – University of Oxford
11 – Yale University
12 – Cornell University
13 – University of California, Los Angeles
14 – University of California, San Diego
15 – University of Pennsylvania
16 – University of Washington
17 – University of Wisconsin
18 – The Johns Hopkins University
18 – University of California, San Francisco
20 – The University of Tokyo 




Acesse:  http://catracalivre.folha.uol.com.br/2011/04/navegue-pelos-sites-das-vinte-melhores-universidades-do-mundo/

No ar, mais uma edição da Rádio Sucupira ( 27 maio 2011)

Tecnologia na PM: equipamentos de ponta na luta contra o crime


Câmeras térmicas, microcâmeras, helicópteros que custam milhões, tablets, GPS e até 4G auxiliam na segurança da população

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Elton John - Nikita - Legendado

Ivo Pitanguy revela detalhes de sua filosofia de trabalho


Dr. Ivo Pitanguy já realizou mais de 60 mil cirurgias e tem mais de 600 alunos espalhados por cerca de 40 países. Ele derrubou as fronteiras entre a cirurgia plástica estética e reparadora e se tornou o médico brasileiro mais conhecido do mundo.

Tô de Folga mostra as piscinas de água quente de Marcelino Ramos (RS)


O reteiro é ideal para quem quer tranquilidade. O balneário fica de frente para o lago do Rio Uruguai.

Elapsed Time: Heavy Traffic


Original footage was about an hour and 10 minutes. Would of liked to record longer but local law enforcement showed up and questioned me with their "neighbors are concerned excuse". Nice officers, but I thought leaving was the best thing to do. It took about 7 1/2 hours to render this elapsed time video. Rendered the video three times in Sony Vegas to reduce the footage to 2:30 minutes long.
Via Cora Rónai/BostonAirborne

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Caetano Veloso - Você é linda

Alzheimer exige cuidados especiais para alimentação

  aumentar fonte diminuir fonte imprimir

A doença de Alzheimer provoca uma degeneração do cérebro que, de acordo com a Associação Brasileira de Alzheimer, atinge 5 em cada 100 idosos com mais de 70 anos. É caracterizada por sintomas como confusão, alterações na personalidade, perda na independência, comportamentos alimentares desordenados e perda de peso.

O mal de Alzheimer ainda é um dos maiores desafios da medicina moderna, já que pouco se sabe ainda sobre a doença. Por isso, ainda não foi descoberta uma cura e seus sintomas, que vão se tornando cada vez mais severos, afetam não só o paciente, mas todos os que o acompanham. Entre as principais desordens ocasionadas pelo Alzheimer a deficiência na nutrição do idoso é uma das mais complicadas, pois há interferência na mastigação e deglutição, no deslocamento para o preparo das refeições e, além disto, os idosos tornam-se mais distraídos e lentos durante as refeições. Todas essas novas condições podem fazer com que o desequilíbrio nutricional acarrete perda de peso e déficit nutricional.


Veja abaixo algumas orientações importantes para quem cuida de pacientes com Doença de Alzheimer podem favorecer a ingestão dos portadores desse mal no momento das refeições:

  • Deixar que o paciente o imite na hora das refeições, pois ele pode ter esquecido de como utilizar os utensílios, momentaneamente.
  • Somente remover garfos e facas quando perceber que o paciente realmente não mais tem condição de usá-los.
  • Minimizar ao máximo as distrações, durante as refeições, controlando o barulho durante as mesmas.  
  • As refeições devem ter uma excelente apresentação, através de cores e formas.
  • Tentar preparar os alimentos de forma mais familiar possível a ele, especialmente seus favoritos.
  • A temperatura dos alimentos deve ser checada para evitar que os pacientes queimem a boca. Eles podem não entender o desconforto e tornar-se mais agitados.
  • Alimentos crus e secos devem ser evitados, pois o perigo de engasgo é maior.
  • Oferecer líquidos a cada duas horas, para manter a hidratação adequada.

Não há um método preventivo comprovado cientificamente para o mal de Alzheimer, mas manter o cérebro sempre ativo pode retardar o processo, impedindo ou pelo menos atrasando o agravamento dos sintomas. Por isso, manter o interesse por novos assuntos, exercitando o cérebro, lendo livros e revistas, fazendo palavras-cruzadas e praticando jogos como xadrez ou cartas pode evitar as complicações desses males.

Algumas pesquisas também relacionam a menor incidência do mal de Alzheimer com a ingestão de alimentos ricos em ômega-3, como sardinha, salmão, azeite de oliva, óleo de canola, nozes, uva e brócolis. Embora ainda não totalmente comprovada, a prática pode ser perfeitamente introduzida aos hábitos de vida das pessoas, favorecendo a saúde em outros aspectos.
Via Saúde Plena http://www.divirta-se.uai.com.br/

Jô Soares entrevista Maria Luiza Tucci Carneiro



Maria Luiza Tucci Carneiro - É, ao lado de Federico Croci, organizadora do livro Tempos de Fascismos. Fascismo, racismo e intolerância são examinados sob diferentes pontos de vista, desvendando-se as múltiplas formas de fascismo.

Dilma canta - Coração em desatino (Charge de Maurício Ricardo)

Você é Hétero?


O apresentador Claudio Elias foi as ruas de João Pessoa e perguntou: O QUE VOCÊ FARIA SE SOUBESSE QUE SEU FILHO(A) É HETEROSEXUAL? -- Vejam as respostas da população.

terça-feira, 24 de maio de 2011

Elvis Plesley, primeiro show via satelite - 1973

Americano filma a si mesmo por 35 anos e faz sucesso na web


O caricaturista Sam Klemke, 55 anos, começou a filmar a si mesmo em 1977, quando tinha 20 anos.
Um americano que fez registros anuais em vídeo de si mesmo nos últimos 35 anos virou um sucesso no site YouTube, onde uma edição de suas imagens já recebeu mais de 700 mil visitantes desde que foi publicado. O caricaturista Sam Klemke, 55 anos, que mora na cidade de Eugene (Estado do Oregon), começou a filmar a si mesmo em 1977, quando tinha 20 anos. Seu vídeo mais recente foi feito neste ano.

A edição com trechos de seus vídeos anuais, publicada no YouTube em abril, tem 6 min 31 e é intitulada 35 Years Backwards Thru Time with Sam Klemke ("35 anos de volta no tempo com Sam Klemke"). A edição começa em 2011, com Klemke falando com a câmera em frente a um espelho, e retrocede no tempo até chegar ao seu primeiro registro em super-8, em 1977.

Klemke afirma que a inspiração para fazer os vídeos ocorreu com a morte de Elvis Presley, em 1977, aos 42 anos. "Aquilo simplesmente me afetou, eu vi que a vida é tão efêmera", disse o americano ao site de notícias do Oregon KATU.

Seus primeiros filmes foram feitos com uma câmera de super-8. Como o aparelho não registrava o som, ele teve que captar o áudio em um gravador separado. Com o passar dos anos, o caricaturista trocou as filmadoras de super-8 pelas câmeras de vídeo e, mais recentemente, pelos aparelhos de vídeo digital.

Os vídeos foram feitos em diversos cenários diferentes, como Honolulu (no Havaí), Las Vegas (Estado de Nevada), Aspen (Colorado), Houston (Texas) e Nova York, entre outros. Klemke faz seus vídeos no fim do ano, e em cada um deles ele faz uma pequena avaliação de como foi o ano que se passou.

O clima dos vídeos é bem-humorado, com Klemke fazendo diversas piadas, e até paródias de filmes. Além disso, são visíveis as mudanças físicas do americano em sua "viagem no tempo", desde os cortes de cabelo até as variações de peso.

Tranquilidade
O caricaturista diz quem, por enquanto, não pretende ganhar dinheiro com o seu "anuário" em vídeo. Ele nega que o espírito do seu projeto seja triste, por mostrar a passagem do tempo - ao contrário, ele vê os vídeos como um exemplo de tranquilidade.

"Espero que os jovens possam simplesmente relaxar e desinflar a sua importância própria", disse ele ao site KATU. "Relaxe, fiquei leve, se divirta, vá brincar. A vida é efêmera".
http://tecnologia.terra.com.br

O caseiro do Piauí e a camareira da Guiné

http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/files/2011/05/francediallo-460x268.jpg
 
Nascido no Piauí, Francenildo Costa era caseiro em Brasília. Em 2006, depois de confirmar que Antonio Palocci frequentava regularmente a mansão que fingia nem conhecer, teve o sigilo bancário estuprado a mando do ministro da Fazenda.
Nascida na Guiné, Nafissatou Diallo mudou-se para Nova York em 1998 e é camareira do Sofitel há três anos. Domingo passado, enquanto arrumava o apartamento em que se hospedava Dominique Strauss-Kahn, foi estuprada pelo diretor do FMI e candidato à presidência da França.
Consumado o crime em Brasília, a direção da Caixa Econômica Federal absolveu liminarmente o culpado e acusou a vítima de ter-se beneficiado de um estranho depósito no valor de R$ 30 mil. Francenildo explicou que o dinheiro fora enviado pelo pai. Por duvidar da palavra do caseiro, a Polícia Federal resolveu interrogá-lo até admitir, horas mais tarde, que o que disse desde sempre era verdade.
Consumado o crime em Nova York, a direção do hotel chamou a polícia, que ouviu o relato de Nafissatou. Confiantes na palavra da camareira, os agentes da lei descobriram o paradeiro do hóspede suspeito e conseguiram prendê-lo dois minutos antes da decolagem do avião que o levaria para Paris ─ e para a impunidade perpétua.
Até depor na CPI dos Bingos, Francenildo, hoje com 28 anos, não sabia quem era o homem que vira várias vezes chegando de carro à “República de Ribeirão Preto”. Informado de que se tratava do ministro da Fazenda, esperou sem medo a hora de confirmar na Justiça o que dissera no Congresso. Nunca foi chamado para detalhar o que testemunhou. Na sessão do Supremo Tribunal Federal que julgou o caso, ele se ofereceu para falar. Os juízes se dispensaram de ouvi-lo. Decidiram que Palocci não mentiu e engavetaram a história.
Depois da captura de Strauss, a camareira foi levada à polícia para fazer o reconhecimento formal do agressor. Só então descobriu que o estuprador é uma celebridade internacional. A irmã que a acompanhava assustou-se. Nafissatou, muçulmana de 32 anos, disse que acreditava na Justiça americana. Embora jurasse que tudo não passara de sexo consensual, o acusado foi recolhido a uma cela.
Nesta quinta-feira, Francenildo completou cinco anos sem emprego fixo. Palocci completou cinco dias de silêncio: perdeu a voz no domingo, quando o país soube do milagre da multiplicação do patrimônio. Pela terceira vez em oito anos, está de volta ao noticiário político-policial.
Enquanto se recupera do trauma, a camareira foi confortada por um comunicado da direção do hotel: “Estamos completamente satisfeitos com seu trabalho e seu comportamento”, diz um trecho. Nesta sexta-feira, depois de cinco noites num catre, Strauss pagou a fiança de 1 milhão de dólares para responder ao processo em prisão domiciliar. Até o julgamento, terá de usar uma tornozeleira eletrônica.
Livre de complicações judiciais, Palocci elegeu-se deputado, caiu nas graças de Dilma Rousseff e há quatro meses, na chefia da Casa Civil, faz e desfaz como primeiro-ministro. Atropelado pela descoberta de que andou ganhando pilhas de dinheiro como traficante de influência, tenta manter o emprego. Talvez consiga: desde 2003, não existe pecado do lado de baixo do equador. O Brasil dos delinquentes cinco estrelas é um convite à reincidência.
Enlaçado pelo braço da Justiça, Strauss renunciou à direção do FMI, sepultou o projeto presidencial e é forte candidato a uma longa temporada na gaiola. Descobriu tardiamente que, nos Estados Unidos, todos são iguais perante a lei. Não há diferenças entre o hóspede do apartamento de 3 mil dólares por dia e a imigrante africana incumbida de arrumá-lo.
Altos Companheiros do PT, esse viveiro de gigolôs da miséria, recitam de meia em meia hora que o Grande Satã ianque é o retrato do triunfo dos poderosos sobre os oprimidos. Lugar de pobre que sonha com o paraíso é o Brasil que Lula inventou. Colocados lado a lado, o caseiro do Piauí e a camareira da Guiné gritam o contrário.
Se tentasse fazer lá o que faz aqui, Palocci teria estacionado no primeiro item do prontuário. Se escolhesse o País do Carnaval para fazer o que fez nos Estados Unidos, Strauss só se arriscaria a ser convidado para comandar o Banco Central. O azar de Francenildo foi não ter tentado a vida em Nova York. A sorte de Nassifatou foi ter escapado de um Brasil que absolve o criminoso reincidente e castiga quem comete o pecado da honestidade.
Fonte: http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Paul McCartney - Hey Jude (Rio de Janeiro 2011)


Via WordsAndTones e Felipe da Rocha e Vivian Lima

Irina - Tribal Fusion Bellydance improvisation - World Dance New York


Via Cristina Siqueira

Conheça a novidade que faltava no mercado: a camisinha-viagra

Conheça a novidade que faltava no mercado: a camisinha-viagra
Dois coelhos com uma cajadada só. Os médicos especialistas da empresa britânica de biotecnologiaFutura Medical conseguiram desenvolver um produto que auxilia no tratamento da disfunção erétil e ainda incentiva o sexo seguro: trata-se da “camisinha-viagra”.
O preservativo está prestes a receber a aprovação regulatória na Europa Continental e no Reino Unido. A companhia farmacêutica Reckitt Benckiser Group tem esperanças de colocá-lo à venda dentro de um ano. Até lá, a empresa espera que, depois de mais estudos clínicos, o produto também obtenha aprovação para os consumidores dos EUA.
Os médicos relatam que a teoria por trás da nova camisinha não apresenta nada de especial. Encontrar o ingrediente ativo foi fácil: os investigadores usaram um produto químico vasodilatador comumente utilizado para combater a angina – dor intensa e latejante no peito que ocorre quando o coração não recebe sangue o suficiente.
A parte mais dura foi descobrir como manter o gel com o ingrediente ativo dentro do preservativo de modo que o vasodilatador tocasse somente o pênis do usuário durante a relação sexual. No entanto, os pesquisadores conseguiram superar esse obstáculo e chegar a um produto viável.
O empresário James Barder, representante da Futura nos Estados Unidos, explica a dificuldade encontrada. “O desafio é manter o líquido vasodilatador estável dentro do preservativo, ou seja, condicionar um gel que não cause prejudício à estrutura do produto. Algumas substâncias podem degradar o látex muito rapidamente”.
Dada a popularidade da pílula do Viagra, encontrado hoje em vida nos mais diversificados estabelecimentos, a camisinha-viagra tem como objetivo conseguir igual penetração no mercado, valendo-se principalmente de sua função dupla.
O novo preservativo ainda possui um atrativo a mais para incentivar relações sexuais sem o perigo da transmissão de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs): os fabricantes afirmam que o produto não escorrega do pênis durante o sexo, um problema surpreendentemente comum relatado pelos homens.
Via http://hypescience.com/conheca-a-novidade-que-faltava-no-mercado-a-camisinha-viagra/

Cantora Beth Carvalho volta aos palcos após um ano e meio


Ela teve uma fissura no osso sacro e precisou ficar de cama um ano e meio

domingo, 22 de maio de 2011

Veja a TV do futuro – com 16 vezes mais resolução que a sua


Acaba de ser mostrada, no Japão, a primeira TV do padrão Super Hi-Vision: com 16 vezes mais resolução do que as atuais. As televisões Full HD, como a que você talvez tenha em casa, possuem resolução de 2 milhões de pontos (1920×1080). A Super Hi-Vision, desenvolvida pela Sharp em parceria com a emissora japonesa NHK, tem nada menos do que 33 milhões de pontos (7680×4320). Mesmo neste vídeo do YouTube, de baixa qualidade, dá para perceber a diferença que isso faz – as imagens chegam a parecer tridimensionais, mesmo sem o uso de óculos 3D.
O Super Hi-Vision (SHV) ainda é um padrão experimental, e precisa superar vários obstáculos para chegar ao mercado. A fabricação da TV é caríssima, e essa resolução toda só faz sentido em telas muito grandes (o protótipo tem 85″), que não cabem na maioria das casas. Além disso, não há como enviar programação em SHV para as pessoas – as tecnologias que existem hoje, como Blu-ray e os vários padrões de TV a cabo, não chegam nem perto de suportar a quantidade de dados necessária. Por tudo isso, as televisões SHV só devem ser lançadas em 2020. Pelo menos dá tempo de juntar a fortuna que será necessária para comprar uma.
Via http://super.abril.com.br

Enya - Only Time (Ao vivo e traduzido)


Computador era chamado de 'cérebro eletrônico' no início


A máquina, que em um passado muito recente se limitava a processar dados, hoje é imprescindível na rotina, no trabalho e até na vida pessoal.
O choque do futuro foi provocado por muitos agentes, mas um personagem central dominou o cenário: o computador, um parceiro do mundo moderno. Antes dele existir, não imaginávamos um mundo vertiginosamente veloz que o computador iria impor às nossas vidas. Não imaginávamos que os avanços da tecnologia iriam nos fazer abandonar definitivamente o sentido de permanência.
O programa retrocede a um passado muito recente e que, no entanto, quase se perdeu na nossa lembrança. Um tempo em que o computador era chamado de ‘cérebro eletrônico’. Sua função era uma só: o processamento de dados. Hoje, ele é imprescindível na rotina, no trabalho e até na vida pessoal. 

Balanço da blitz da educação mostra acertos e desafios das escolas brasileiras


O especialista em educação Gustavo Ioschpe fez uma lista de dicas para pais e estudantes. Para ele, é preciso passar dever de casa, ter um professor com formação na área em que ensina, imposição de método, rotina e gestão em todas as aulas.

Termômetro sem fio avisa o churrasqueiro quando a carne está pronta

Pré-programado para sete tipos de carne, o aparelho custa 59,95 dólares

   Reprodução

Você não precisa ser fanático por tecnologia para querer este gadget, basta gostar de um bom churrasco com os amigos. A rede de lojas americana Williams-Sonoma está vendendo o Termômetro de Grelhar Sem Fio, que avisa o usuário a hora certa de virar a carne e de tirá-la da churrasqueira.

O aparelho tem programação para sete tipos de carne diferentes – bovina, vitela, cordeiro, porco, frango, peru e hambúrguer –, mas você pode também personalizá-lo. Basta digitar o tipo de carne e seu grau desejado de cozimento e, em seguida, introduzir a sonda ligada ao termômetro na parte mais grossa da carne. Quando ela está pronta, um alarme é acionado.

Via http://revistagalileu.globo.com/Revista
 

Entrevista com Estagiário


sábado, 21 de maio de 2011

Sururu na Roda tocando Chico Buarque


Apresentação do grupo carioca "Sururu na Roda" no programa Sr. Brasil da TV Cultura, exibido em 25/07/2006. O grupo tocou uma excepcional seqüência de quatro sambas clássicos de Chico Buarque: "A Rita", "Samba do Grande Amor", "Homenagem ao Malandro" e "Feijoada Completa". Muito Bom!

Conjunto "The Platters" faz turnê pelo Brasil


Grupo musical norte-americano existe há mais de 50 anos

Colonoscopia virtual, saiba as últimas novidades sobre este exame




Evandro Pinheiro é cirurgião do aparelho digestivo e falou sobre a última novidade no diagnóstico do câncer coloretal: a colonoscopia virtual. Apesar de causar menos transtornos para os pacientes e representar menos riscos, a virtual nunca substituirá a convencional.
O método “antigo” – apesar de envolver sedação e a incômoda inserção de um tubo de cerca de um metro e meio no ânus do paciente – é capaz de rastrear o intestino e, ao mesmo tempo, remover os possíveis pólipos cancerígenos encontrados.
O preparo para ambos os exames é o mesmo e consiste na limpeza do intestino grosso. Na colonoscopia virtual, o exame dura 15 minutos e a sonda fotografa trechos do intestino a cada milímetro. Depois que o paciente é dispensado, um computador junta as imagens de maneira tridimensional. No telão, foram exibidos trechos de uma colonoscopia virtual.

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Billy Joel - Just the Way You Are (Tradução)

Diretor Carlos Saldanha fala de sua carreira


Ele é o criador da série "Era do Gelo" e acaba de estrear "Rio"

No ar, mais uma edição da Rádio Sucupira - 20 de maio 2011

Mamografia digital, participe dessa campanha

 
Peço que divulguem


....amigos, em meio a tanta 'bandalheira' neste mundo virtual, graças a Deus existem também assuntos sérios e de UTILIDADE PÚBLICA que precisam de nossa atenção e respeito.
Este é um deles:
O Instituto do Câncer de Mama está com uma importante campanha.
Cabe a nós atendermos sua solicitação e ampará-lo, pois se depender do Governo (Federal/Estadual/Municipal) será seu fim!!!

Vamos salvar o site do câncer de mama?
Não custa nada.
O Site do câncer de mama está com problemas, pois não tem o número de acessos e cliques necessários para alcançar a cota que lhes permite oferecer UMA mamografia gratuita diariamente a mulheres de baixa renda. Demora menos de um segundo, ir ao site e clicar na tecla cor-de-rosa que diz 'Campanha da Mamografia Digital Gratuita'.


Não custa nada e é por meio do número diário de pessoas que clicam que os patrocinadores oferecem a mamografia em troca de publicidade.
Repassem a pelo menos 10 amigos para que eles repassem a mais 10 ou mais amigos, ainda hoje!
E assim estaremos ajudando a salvar este site tão importante.
Este gesto fará uma enorme diferença.

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Emilio Santiago e Fundo De Quintal - Parabéns Pra Você

Os melhores fones de ouvido (para cada tipo de orelha e de bolso)

Fonte: Gizmodo Brasil

Nós já explicamos como escolher o seu fone de ouvido perfeito. Mas talvez você nem tenha que fazer isso: nós fomos atrás de um especialista para ver quais são as escolhas dele. Aproveite!
Jude Mansilla, fundador do site Head-Fi.org, nos contou quais são os seus fones de ouvido favoritos em cada categoria explicada no post anterior, e também para cada faixa de preço.
As categorias são: Econômica (abaixo de US$ 100), Média (uma boa mistura entre recursos fartos e preço justo) e Fura-Bolso (para quem não tem limite no cartão crédito, nem na noção).
Nota para os compradores brasileiros: Sim, não há fones de ouvido que efetivamente façam diferença no som por muito menos de 80 dólares nos EUA – e as ofertas aqui não são muito satisfatórias – fora alguns da Philips ou Bose com preço ultrainflacionado. Recomendamos comprar de fora mesmo. Eu comprei todos os meus diretamente do eBay. Se você nunca teve um bom (não, fones de iPod/iPhone não contam como bons), comece por baixo.

CQC Top Five - Melhores Momentos

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Raul Seixas no Jô Soares


Nigeriano revela como dá conta de suas mais de 100 esposas

O nigeriano Bello Maasaba se apaixona facilmente pelas mulheres. Todos conhecemos pessoas assim, que mal conhecem o outro e já estão caidinhas. A diferença é que Maasaba, um líder religioso muçulmano na cidade de Bida, na Nigéria, e se casa com praticamente todas as mulheres de que gosta. Hoje, aos 87 anos, já teve 107 esposas. Hoje vivem com ele 86 mulheres – entre 19 e 64 anos. Nove morreram e Maasaba pediu o divórcio de 12 por desobediência. Os filhos são tantos que ele tem dificuldade de saber o número exato. São 185, dos quais 131 estão vivos, o mais novo com apenas um mês de vida.
A reportagem do Los Angeles Times que conta a história de Maasaba é uma leitura deliciosa e espantosa. O texto conta as motivações dele para pedir a mão da primeira mulher:
“Ele se apaixonou pela primeira mulher porque ela era sincera e queria sempre agradar.
A segunda mulher, uma prima, foi irrestível porque fazia tudo o que ele queria e nada do que ele não gostasse.
‘Só isso fez com que eu a amasse’.
A terceira mulher o ganhou por atender a todos os seus pedidos.”

A ideia de se casar com uma centena de mulheres veio de Deus, segundo Maasaba. Depois de uma doença grave, ele teve uma visão do arcanjo Gabriel em que o anjo lhe dizia para ter uma esposa depois da outra. “Se não fosse por Deus, eu não teria passado de duas”, diz Maasaba, que, depois das visões, tornou-se um líder religioso.
Assim, ele foi colecionando mulheres com cada vez maior velocidade – os casamentos, antes separados por alguns meses, aconteciam em questão de semanas. A grande família mora numa casa com 89 aposentos. E, para garantir a comunicação, há um sistema de alto-falantes.
Maasaba tem bolsas embaixo dos olhos que lhe dão um ar cansado, mas sua testa quase não tem rugas. Ele diz que não tem preocupações.
O dinheiro para sustentar o seu clã Maasaba tira da atividade como curandeiro. A sua capacidade de sustentar tantas mulheres foi um atrativo para… mais mulheres, ainda mais numa área rural, pobre, da Nigéria.
Mas o crescimento desenfreado do harém de Maasaba desagradou as autoridades religiosas em Níger, estado nigeriano que segue a sharia, ou lei islâmica. Há três anos, eles ordenaram que Maasaba se divorciasse de 82 de suas mulheres. Ele se recusou e foi condenado a abandonar a cidade.
Como não saiu, Maasaba foi levado para a cadeia. Ficou 22 dias preso, enquanto suas mulheres, 11 delas grávidas, protestavam. No fim, foi solto com a ajuda de um grupo de defesa dos direitos civis.
O que Maasaba faz para merecer tanto apoio de suas mulheres – além, é claro, de sustentá-las? A reportagem pergunta como ele satisfaz as necessidades amorosas de tantas mulheres.
“Em Sua sabedoria, Deus me deu poder e força para dar a elas o sexo de que precisam”, diz. “Se eu não as satisfizer, elas podem me deixar.”
Então tá então, senhor Maasaba!
Via http://colunas.epoca.globo.com/mulher7por7/2011/05/13/nigeriano-revela-como-da-conta-de-suas-mais-de-100-esposas/

Jô Soares entrevista Márcio Américo, humorista que durante anos foi usuário de drogas



Márcio Américo - Humorista, que durante anos foi usuário de drogas. Américo contará suas experiências na cracolândia.

terça-feira, 17 de maio de 2011

RPM - Rádio Pirata

Doideira espetacular - OK Go - This Too Shall Pass - Rube Goldberg Machine version - Official


Aumente o som.

Depoimento da professora Amanda Gurgel sobre a caótica situação do ensino no Brasil


Professora Amanda Gurgel silencia Deputados em audiência pública.
Depoimento Resumindo o quadro da Educação no Brasil.
Educadora fala sobre condições precárias de trabalho no RN/BRASIL.
(10/05/2011)

Entrevista após a repercussão do vídeo:
Isaac Lira
Repórter

A professora de Língua Portuguesa, Amanda Gurgel, teve ontem a sua rotina alterada. Nada muito brusco, mas pequenos detalhes denunciavam as mudanças. Na assembleia dos professores, ontem à tarde, costumeiramente frequentada por Amanda, vez ou outra alguém a abordava para dar parabéns. Da mesma forma, o telefone celular da professora tocou bem mais vezes do que toca normalmente. Do outro lado da linha, mais congratulações. O motivo para tanto reconhecimento é um vídeo publicado no You Tube e difundido via Twitter onde Amanda expõe a situação dos professores do Estado. O discurso foi proferido no último dia 10 de maio, em uma audiência pública realizada na Assembleia Legislativa. Lá, Amanda Gurgel falou sobre as dificuldades dos professores no dia a dia e sobre o tratamento secundário dado pelos governos ao longo dos últimos anos à Educação. Pela contundência, o vídeo resultante dessa fala foi tomando aos poucos as redes sociais da internet. Ontem, nove dias depois, o nome “Amanda Gurgel” chegou a ser o sétimo mais citado no Twitter em todo o Brasil. Gilberto Gil e Zélia Duncan citaram o vídeo em suas contas no microblog. Marcelo Tas, apresentador do programa CQC, também fez uma postagem no Twitter, além de publicar em seu blog a mesma gravação. Amanda vê a rápida difusão do vídeo com ressalvas. Durante a entrevista concedida à TRIBUNA DO NORTE, a professora fez reiterados pedidos para que o “discurso político” e “a situação dos professores” tivessem mais peso na publicação do que a sua própria imagem. “Queria focar no discurso político, porque eu não tenho o menor interesse de focar na minha imagem”, disse. Jogada repentinamente no turbilhão das redes sociais da internet, Amanda Gurgel ganhou até mesmo perfis falsos no Twitter e no Facebook. “Não participo dessas redes sociais. Tenho uma conta no Orkut, mas nem foto tem lá. Fico surpresa com toda essa repercussão porque o meu discurso não trazia nada de novo. Qualquer professor conhece aquelas situações descritas”, complementa. A preferência da professora pelo lado “político” do vídeo em destaque vem do seu envolvimento no movimento sindical e da filiação ao Partido Socialista dos Trabalhadores Unificados (PSTU). Ela participa ativamente do movimento grevista em curso por parte dos professores e defende a mobilização como forma de diminuir as dificuldades da categoria e dar mais qualidade à educação. “Nesse momento, é muito importante para a nossa categoria a manutenção desse movimento”, opina.

Conte o início da sua história como professora.

Olha, eu preferia começar falando sobre outro assunto. Porque o mais importante na minha fala, que foi transformada em vídeo, e nessa repercussão toda que está tendo, é que isso reflete uma situação existente há muito tempo na nossa categoria. Quem é professor há 20 ou 30 anos conhece o processo de degeneração pelo qual as escolas vêm passando. Isso é o principal e não a minha imagem ou até mesmo as minhas palavras, mas a situação. Nós temos diversas discussões em nível nacional. Existe, por exemplo, o Plano Nacional de Educação, que está sendo discutido e são essas as questões principais. Eu não quero que as pessoas me vejam como aquela professora que falou e ficou famosa. Eu sou realmente uma professora que pega três ônibus todos os dias para ir ao trabalho e não acho isso bonito. Eu não acho isso interessante. Eu acho que essa é uma situação de opressão.

Depois da repercussão do vídeo, você aderiu ao twitter?

Não. Eu não participo de nenhuma rede social. Mas fiquei sabendo hoje que há uma conta com meu nome. Minha irmã viu e me avisou. Mas a conta não é minha. É um fake que está tanto no Twitter quanto no Facebook. Eu na verdade estou chocada com essa expansão tão rápida, que pode servir tanto para o bem quanto para o mal.

Como é o seu cotidiano como professora?

Eu trabalho em duas escolas. Se tivesse noção da repercussão que aquilo teria, eu teria falado sobre a saúde do trabalhador porque eu sou inclusive vítima disso. Eu adoeci e precisei mudar de função. Hoje estou afastada da sala de aula e desenvolvo atividades pedagógicas na biblioteca e no laboratório de informática. Eu adoeci em decorrência da minha atividade em sala de aula. O que eu tentei foi falar sobre a condição de todos os trabalhadores. Daquele professor que tem o carro, mas não pode usá-lo todo dia porque não tem dinheiro para a gasolina. Porque a realidade dos trabalhadores é essa. Eu por exemplo moro em Nova Parnamirim e trabalho em Nova Natal e preciso acordar às 05h para chegar no horário. A minha realidade é mais suave, porque eu não tenho filho e não preciso dividir o meu salário. Na verdade, eu fico olhando para os meus colegas, da Escola Municipal Prof. Amadeu Araújo e da Escola Estadual Miriam Coeli, e pensando o quanto eles são corajosos. Isso porque são muitas as frustrações pelas quais nós passamos, desde quando escolhemos o curso de graduação, com todas as ilusões dos bancos de universidade, até chegar à realidade.

Você é professora de que disciplina e há quanto tempo?

Sou professora desde 2002. Entrei a Universidade em 2001 e no ano seguinte comecei a lecionar no Cursinho do DCE. A minha experiência exitosa na educação começou e se encerrou ali. Foi a experiência positiva que marcou. Sou professora de língua portuguesa, o que traz uma frustração maior ainda. Terminei um curso de licenciatura preparada para fazer com que os alunos produzam resenhas, crônicas, etc. Mas me deparei com uma sala de aula onde o aluno não é capaz de ler uma palavra simples como “bola”. Isso é desolador. A forma que eu encontrei de canalizar essa frustração é lutando pela categoria.

Por que você se interessou pelo magistério?

Eu tive uma professora, chamada Claudina, de Espanhol, que era uma fonte de admiração. Eu queria ser como ela. Eu sempre acreditei na educação. Não era a melhor aluna da classe, mas era aplicada. Então, eu quis ser professora por acreditar que nessa profissão seria possível mudar vidas.

Voltando ao vídeo, você preparou o discurso com antecedência?

Não. Eu prestei atenção nas falas anteriores e cada absurdo que era falado eu procurava um contraponto. No final, saiu aquilo ali. E não há nada naquelas palavras que não se diga todos os dias nas escolas, que os meus colegas não estejam cansados de saber. A realidade é a mesma há muito tempo. Eu não entendo toda essa repercussão. Talvez o grande lance do vídeo é ter sido gravado ali, na Assembleia Legislativa e na presença da secretária estadual de Educação. Algumas pessoas teriam medo, mas eu nem pensei nisso. Eu não tenho motivo para ter medo de Betânia Ramalho e nem de deputado nenhum, porque eles não me deram emprego e não dependo deles para nada. São eles quem dependem da população.

Incomoda a repercussão que o vídeo teve?

Não chega a incomodar. Mas queria focar no discurso político, porque eu não tenho o menor interesse de focar na minha imagem. É uma surpresa para mim, já que essa é a nossa realidade e não é nada novo.

Você prefere não ser vista como um símbolo dessa luta por melhoria?

Nem símbolo de uma luta. Eu sou apenas mais uma peça. Assim como eu, há outros, milhares de trabalhadores. Eu não sou símbolo de nada e nem pretendo ser.

Você viu quem citou o seu vídeo na internet nos últimos dias?

Fico sabendo quando alguém me liga e fala. Soube que o Gilberto Gil e a Zélia Duncan citaram.

As rimas mais manjadas da MPB (Gustavo Martins do Ecos Falsos)



Entrevista de Gustavo Martins, vocalista dos Ecos Falsos, no Jô Soares, na qual ele fala de seu estudo sobre as rimas mais manjadas da música brasileira.

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Titãs - Epitáfio

Street Dance in Paris


Via Renato Affonso e Fernando Santana

Estudo: cérebro encolhe 10 anos antes de manifestar Alzheimer

Algumas partes do cérebro afetadas pelo Alzheimer começariam a encolher 10 anos antes que esta doença degenerativa incurável possa ser diagnosticada, segundo um estudo publicado nesta quarta-feira nos Estados Unidos.
Embora se tratem ainda de resultados preliminares, os pesquisadores consideram que esta descoberta poderia um dia permitir, com ajuda da ressonância magnética, determinar quais são as pessoas que apresentam maior risco de desenvolver ta doença, às vezes hereditária.
Para a pesquisa, os médicos mediram com ressonâncias as zonas cerebrais geralmente afetadas pelo mal de Alzheimer de 64 pessoas sãs, sem problemas de memória ou outros sintomas de demência. Os especialistas acompanharam os pacientes por um período de entre sete e 11 anos.
Eles constataram que os sujeitos com menor espessura do córtex - substância cinza onde ficam os neurônios, essenciais às funções cognitivas, sensoriais e motoras - tinham grandes chances de contrair a doença, em comparação aos outros que possuíam as mesmas partes cerebrais mais espessas.
Assim, no grupo de 11 participantes que tinham as zonas cerebrais estudadas mais modestas, 55% desenvolveram o mal de Alzheimer. Por outro lado, nenhum paciente do grupo de nove pessoas com os maiores tamanhos dessas mesmas partes do cérebro sofreu com Alzheimer, destacaram os pesquisadores, cujo trabalho foi publicado na Revista Neurology, uma publicação da Academia Americana de Neurologia.
No grupo dos indivíduos com um tamanho médio dessas regiões cerebrais, 20% contraiu o mal. "Esses dados são um indicador potencialmente importante das primeiras mudanças relacionadas ao Alzheimer. Elas poderiam ajudar a prever quais são as pessoas com maior risco de sofrer desta doença e talvez também determinar quando o mal vai se manifestar", explica o Dr. Bradford Dickerson da faculdade de medicina de Harvard.
Via http://noticias.terra.com.br/ciencia/noticias/0,,OI5074877-EI8147,00.html

Só Levando, charge de Maurício Ricardo

domingo, 15 de maio de 2011

Liverpool Express - You Are My Love (Original e legendado)


Eu não queria que tu furasse meu braço não (legendado)


Via Deunice Maria via Atanágoras Sena

Okavango. botswana - África


Para ver em tela cheia, clique em Menu  e  View Fullscreen

A Obesidade Mental, Andrew Oitke

O prof. Andrew Oitke publicou o seu polêmico livro «Mental Obesity», que revolucionou os campos da educação, jornalismo e relações sociais em geral.
Nessa obra, o catedrático de Antropologia em Harvard introduziu o conceito em epígrafe para descrever o que considerava o pior problema da sociedade moderna.
«Há apenas algumas décadas, a Humanidade tomou consciência dos perigos do excesso de gordura física por uma alimentação desregrada.
Está na altura de se notar que os nossos abusos no campo da informação e conhecimento estão a criar problemas tão ou mais sérios que esses.»
Segundo o autor, «a nossa sociedade está mais atafulhada de preconceitos que de proteínas, mais intoxicada de lugares-comuns que de hidratos de carbono.
As pessoas viciaram-se em estereótipos, juízos apressados, pensamentos tacanhos, condenações precipitadas.

sábado, 14 de maio de 2011

Zé Ramalho-Entre a Serpente e a Estrela(Ao Vivo)

Passat LSE "Iraque" , sucesso até hoje no oriente médio


São poucos os países em que algum personagem brasileiro supera a popularidade de Pelé e Ronaldo Fenômeno. O Iraque é uma dessas exceções. Basta andar nas ruas para encontrar exemplares de Volkswagen Passat fabricados aqui, já na terceira idade, em plena labuta.
Entre 1983 e 1988, ano em que nosso Passat saiu de linha, 170 000 unidades da versão LSE deixaram a fábrica de São Bernardo do Campo (SP) rumo ao Oriente Médio. O destino rendeu o apelido “Passat Iraque”. Era uma época em que a VW brasileira buscava novos mercados, o que também a fez levar o Voyage aos Estados Unidos, sob o nome de Fox.
A transação do Iraque tinha um caráter inusitado, já que os carros eram pagos em petróleo, repassado à Petrobras. Quando esta teve um excedente do produto, sobrou “Passat Iraque”. A solução? Vendê-lo no Brasil, o que ocorreu a partir de junho de 1986. Com o Santana no topo da linha e a aposentadoria do Fusca no mesmo ano, o Passat tornou-se o VW de passeio mais antigo em produção.

Toques de Elegância, Martha Medeiros

Existe uma coisa difícil de ser ensinada e que, talvez, por isso, esteja cada vez mais rara e fora de moda: é a elegância do comportamento…
É um dom que vai muito além do uso correto dos talheres e que abrange bem mais do que dizer um simples “obrigado” diante de uma gentileza…
É a elegância que nos acompanha da primeira hora da manhã até a hora de dormir e que se manifesta nas situações mais prosaicas, quando não há festa alguma, nem fotógrafos por perto. É uma elegância desobrigada…


É possível detectá-la nas pessoas que elogiam mais do que criticam, nas pessoas que escutam mais do que falam…
E quando falam, passam longe da fofoca, das pequenas maldades, normalmente ampliadas no boca a boca…
É possível detectá-la nas pessoas que não usam um tom superior de voz ao se dirigir a frentistas…
Nas pessoas que evitam assuntos constrangedores, porque não sentem prazer em humilhar os outros…
É possível detectá-la nas pessoas pontuais. Elegante é quem demonstra interesse por assuntos que desconhece, é quem presenteia fora das datas festivas, é quem cumpre o que promete e, ao receber uma ligação, não recomenda à secretária que pergunte, antes, quem está falando e só depois manda dizer se está ou se não está…
Oferecer flores é sempre elegante. É elegante não ficar espaçoso demais…
É elegante você fazer algo por alguém, e este alguém jamais saber o quanto você teve que se desdobrar para o fazer…
É elegante não mudar seu estilo, apenas para se adaptar ao outro…
É muito elegante não falar de dinheiro em bate-papos informais… É elegante retribuir carinho e solidariedade.. “É elegante o silêncio, diante de uma rejeição…”
Sobrenome, jóias e nariz empinado, não substituem a elegância do gesto…
Não há livro que ensine alguém a ter uma visão generosa do mundo, a estar nele de uma forma não arrogante…
É elegante a gentileza. Atitudes gentis falam mais que mil imagens.
Abrir a porta para alguém, é muito elegante. Dar o lugar para alguém se sentar, é muito elegante…
Sorrir sempre é muito elegante e faz um bem imenso para a alma…
Oferecer ajuda, é muito elegante… Olhar nos olhos ao conversar, é essencialmente elegante…
Pode-se tentar capturar esta delicadeza natural pela observação, mas tentar imitá-la, é improdutivo…
A saída é desenvolver, em si mesmo, a arte de conviver, que independe de status social: é só pedir licencinha para o nosso lado brucutu, que acha que “com amigos”… não tem que ter estas coisas…
Se os amigos não merecem uma certa cordialidade, os desafetos é que não irão desfrutá-la…
Educação enferruja por falta de uso…
E…, um detalhe: não é frescura.

Lembra do jingle da VARIG, com adaptaçao da LENDA JAPONESA??

Leia o texto abaixo, antes de assistir ao vídeo.

Há uma antiga lenda japonesa datada do período Muromashi (século XV) que um pescador chamado Urashima Taro (o "japinha" do desenho) salvou um tartaruga de um grupo de rapazes que a estavam maltratando.

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Revista médica britânica lança série avaliando saúde pública brasileira

"The Lancet" está entre as publicações mais influentes no mundo no setor.

Textos analisam sucessos e fracassos desde a criação do SUS, em 1988.

Publicação britânica destaca o estudo (Foto: The Lancet / reprodução) 
Publicação britânica destaca o estudo
A revista médica britânica “The Lancet”, uma das mais influentes do mundo, publicou nesta segunda-feira (9) uma série de artigos sobre a situação da saúde pública no Brasil. Na avaliação dos pesquisadores, o país deu passos importantes desde a criação do Sistema Único de Saúde (SUS), em 1988, e houve melhoras significativas neste período.
O documento é “uma ampla revisão sobre a saúde e a assistência médica de nossa população”, preparado por uma equipe de 29 especialistas em saúde pública, e destaca sucessos e fracassos das políticas implementadas.
“O principal sucesso é o fato de que toda a população pode ter acesso à saúde pública, o que não é comum nos países como o Brasil”, disse ao G1 o epidemiologista Cesar Victora, da Universidade Federal de Pelotas (RS), que coordenou o projeto.
O principal sucesso é o fato de que toda a população pode ter acesso à saúde pública, o que não é comum nos países como o Brasil"
Cesar Victora, coordenador da série
Os estudos avaliaram a saúde pública brasileira por cinco aspectos: sistema de saúde, saúde das mães e das crianças, doenças infectocontagiosas, doenças crônicas não transmissíveis e violência e lesões físicas.
Entre os destaques positivos, os médicos mostram que o país reduziu significativamente a mortalidade causada pela doença de Chagas, pela esquistossomose, pela diarreia infantil e pela Aids. A vacinação funciona bem e, segundo Victora, o Brasil é um “exemplo” nessa área. Houve progresso significativo em relação à maioria dos aspectos citados nos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, documento das Nações Unidas.
Por outro lado, a dengue e a leishmaniose visceral foram consideradas fora de controle. A saúde das mães também é uma preocupação, pois há muitos abortos ilegais e os partos são “hipermedicalizados” – metade é de cesarianas. O avanço da obesidade e das doenças relacionadas a ela também foram citados, assim como o alto número de mortes violentas, seja por crimes ou por acidentes.
Por fim, os autores sugerem uma série de ações ao governo, aos trabalhadores de saúde, ao setor privado, às universidades e outras instituições de pesquisa e formação e à sociedade civil, como formas de melhorar a saúde pública nacional. “O desafio é, em última análise, político e requer a participação ativa da sociedade, na perspectiva de assegurar o direito à saúde para toda a população brasileira”, diz o texto.

Cálculo do Arcano Pessoal, você acredita nisso?

Um dos estudos mais fascinantes dentro do Tarot é o que combina a Numerologia (Gematria), a análise do nome e as lâminas do Tarot. Esse estudo tem estreita relação com a Kabbalah e aponta para aspectos muito importantes na prática com o Tarot. Um trabalho que acho fascinante é a TABELA MEDIEVAL DE BONGO que tem relação com a Kabbalah. Vamos fazer um pequeno estudo de nosso nome, para saber qual é o seu Arcano Pessoal?

Sigam estas duas dicas, para que os cálculos sejam efetuados corretamente:

- As mulheres casadas devem fazer a análise a partir do nome de solteira (batismo);
- Jr. (Júnior), Filho, Neto ou Sobrinho - não precisam ser digitados (Ex. João Oliveira Filho, digite: João Oliveira).

Agora é só digitar seu nome e clicar no botão Calcular...
Diga seu nome :




  

Via http://www.taroterapia.com.br/arcano/cap.html

Jô - entrevista Ednaldo Pereira


O novo fenômeno da Internet Ednaldo Pereira no Programa do Jô.

O jogador de futsal Falcão fala de sua vida e carreira



Ele é considerado há 8 anos o melhor jogador de futsal do mundo

terça-feira, 10 de maio de 2011

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Shania Twain and Elton John (legendado PT-BR)

Andreia no Sportv Repórter- o sonho de vencer como técnico de futebol


A Historia Linda de Andreia, que com determinacao e coragem sonha em levar meninas carentes a tambem sonharem em vencer na vida.

Palestra do especialista em Concursos Públicos William Douglas




William Douglas Resinente dos Santos é um professor e juiz brasileiro, autor de diversas obras nas áreas jurídica, auto-ajuda e relacionadas a concursos públicos. É o autor do best seller "Criando Campeões" e "Como Passar em Provas e Concursos: tudo o que você precisa saber e nunca teve a quem perguntar"
Apesar de escrever em diversas áreas, foi falando sobre concursos públicos que Douglas mais se destacou, realizando palestras; seu primeiro livro sobre o assunto - Como Passar em Provas de Concursos - já vendeu nas suas 20 edições mais de cento e dez mil exemplares. Nesta área é palestrante e ainda professor de Direito na Universidade Gama Filho, além de outras entidades.

A bela Noruega


Para ver em tela cheia, clique em Menu  e  View Fullscreen

domingo, 8 de maio de 2011

Wagner Moura e sua banda cantam para as mães que são essa Coca-Cola toda

Para Sempre (Drummond de Andrade)



Poesia Dia das Mães


Para Sempre
Por que Deus permite
que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro,
puro pensamento.


Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Por que Deus se lembra
- mistério profundo -
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho.
Carlos Drummond de Andrade